6 dicas para mudar sua loja para o e-commerce e vender mais

Com a mudança do comportamento do consumidor, o e-commerce está em pleno crescimento e é uma excelente oportunidade de negócio online.

O mercado do e-commerce, que já vinha crescendo nos últimos anos, alcançou novos patamares com a chegada da pandemia de Covid-19. Segundo relatório semestral elaborado pela Ebit | Nielsen, apenas no primeiro semestre de 2020 o e-commerce cresceu 47%. 

Por isso, se você quer aproveitar o momento para transformar o seu negócio, confira abaixo algumas dicas para migrar sua loja física para o mundo virtual e vender mais.

Os benefícios de transformar sua loja física em um e-commerce

Um dos principais benefícios em migrar para o e-commerce, é que você terá condições de se preparar para a tendência do comércio mundial. As condições atuais fizeram com que muitas pessoas comprassem online os itens que geralmente compram pessoalmente.

Um levantamento feito pelo Mastercard Brasil apontou que 46% dos brasileiros aumentaram o volume de compras online durante a pandemia e 7% realizaram uma compra online pela primeira vez. Ainda, a pesquisa aponta que esses números devem permanecer no pós-pandemia. Sendo assim, mudar para e-commerce agora ajudará sua empresa a se manter competitiva.

Além disso, outros benefícios de mudar sua loja física para e-commerce são:

  • Venda 24 horas por dia, 7 dias por semana
  • Diversidade da base de clientes
  • Novos clientes
  • Venda em qualquer lugar
  • Aumenta a escalabilidade

Como mudar sua loja física para e-commerce

Veja abaixo algumas dicas para você começar a mudar sua loja física para e-commerce:

1. Selecione uma plataforma de vendas

Primeiro, você deve encontrar uma plataforma para expor seus produtos e realizar as vendas. Ela deve exibir seus produtos em um formato fácil de pesquisar. Cada item terá uma imagem atraente, descrição do produto e etiqueta de preço. Uma boa dica é inserir um espaço para avaliação dos clientes. 

A plataforma também receberá pagamentos e poderá calcular impostos e despesas de envio, além de orientar seus clientes para concluir suas transações. Você pode encontrar recursos avançados como planos de fidelidade do cliente e recuperação de carrinho abandonado. 

2. Divulgue sua nova loja online

Ao migrar para uma loja online, seus clientes precisam ser informados, assim como é preciso atrair novos clientes. Para isso, você pode utilizar recursos como:

  • Redes sociais
  • Site
  • Marketing de conteúdo
  • Cartões de visita
  • Parcerias com outros lojistas e influenciadores

Além disso, seus clientes podem ter dúvidas sobre sua nova vitrine digital, especialmente se eles não estão acostumados com compras online. Se possível, crie uma página de perguntas frequentes em seu site que pode responder a essas perguntas.

3. Prepare sua equipe 

Você está abrindo um novo canal de vendas, o que significa que seus clientes podem ter dúvidas. Esteja preparado para solucionar as dúvidas e possíveis problemas de maneira prática e rápida. 

4. Política de devolução e troca

Um ponto muito importante em um e-commerce é a política de devolução e troca. Ela é fundamental, uma vez que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) garante ao cliente o direito de arrependimento pela compra feita online ou por telefone. Assim, o cliente pode pedir a troca ou a devolução da mercadoria em até sete dias. 

Para facilitar  o processo, crie uma política que estabeleça diretrizes claras e consistentes sobre como os clientes podem trocar ou devolver suas compras. Lidar com solicitações de devolução e troca caso a caso não é sustentável e pode adicionar complexidade desnecessária (e custo) à sua operação.

5. Embalagem e envio

Abrir uma loja online significa que você deve encontrar formas de fazer as entregas para seus clientes de forma rápida e prática. Certifique-se de tomar as medidas adequadas para higienizar seus produtos e embalagens antes de serem enviados.

Lembre-se também de como os custos de envio afetarão seus negócios. É possível oferecer frete grátis aumentando seus preços ou cobrindo a entrega. Se você optar por não fornecer frete grátis, seja transparente sobre os custos. 

6. Prepare seu estoque

A praticidade é o que mais impulsiona compras online. Agora imagine seu cliente passar por toda jornada de compra e chegar ao final descobrir que o produto que queria não tem em estoque. Por isso, prepare seu estoque de maneira que irá atender sua nova demanda. 

Para isso, você deve contar com excelentes fornecedores e ter uma maneira prática, rápida e simples de abastecer seu estoque. A Gonddo é uma central compras online que conecta varejistas aos melhores fornecedores do Brasil. 

Uma das vantagens da Gonddo é que você tem contato direto com seu fornecedor e mais facilidade para fechar sua compra. Além disso, se você conheçe novas empresas, pode ver as recomendações de outros lojistas e escolher a que melhor se encaixa com o que você precisa. Entre em contato com nosso atendimento e tire todas as suas dúvidas.